Notícia
Geral - 31/01/2020 14:29:36

Creas realiza campanha contra a violência à mulher

Estão em andamento várias ações para conscientizar a população sobre o problema
Folder com informações foi distribuído durante a manhã desta sexta(31) - Ascom/PMVNI
Folder com informações foi distribuído durante a manhã desta sexta(31) - Ascom/PMVNI

 

A equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Venda Nova do Imigrante começou o ano com a prevenção da violência contra a mulher. Estão em andamento várias ações para conscientizar a população sobre o problema. A mais recente aconteceu nesta sexta-feira (31) com mobilização na rua.

 

Equipe do Creas e a primeira-dama de Venda Nova trabalham na mobilização - Ascom/PMVNI
Equipe do Creas e a primeira-dama de Venda Nova trabalham na mobilização - Ascom/PMVNI

 

Durante a manhã, assistentes sociais, psicólogas e a primeira-dama de Venda Nova, Angélica Patrícia Mineti, distribuíram informativos e tiraram dúvidas sobre o tema. “Constantemente são encaminhados casos de violência ao Creas. Nem sempre é cometida pelo parceiro da vítima. Há casos que envolvem vizinhos, filhos e outras pessoas.”, explica a psicóloga Franciela Vazzoler.

 

Laço branco é o símbolo do movimento de conscientização - Ascom/PMVNI
Laço branco é o símbolo do movimento de conscientização - Ascom/PMVNI

 

A campanha seguirá durante 2020. “Venda Nova aderiu ao pacto pelo combate a esse tipo de crime. Já realizamos conscientização no dia 17 de janeiro e vamos continuar durante o ano”, explica Angélica, embaixadora da iniciativa no Município.

 

Campanha começou neste mês e vai se estender por todo o ano - Ascom/PMVNI
Campanha começou neste mês e vai se estender por todo o ano - Ascom/PMVNI

 

O folder distribuído ao público contém informações sobre a violência e sobre como buscar ajuda. O Creas oferece serviço de acolhimento e assistência e está pronto para atender a população. O telefone da Central de Atendimento à Mulher é 180. Lembre-se: ao ligar, você não precisa se identificar.

 

Nenhum comentário
Escreva um comentário...