Notícia
Geral - 04/02/2020 18:03:50

Projetos vão melhorar atendimento na saúde

Propostas aguardam votação na Câmara e vão melhorar a qualidade dos serviços aos moradores
Prefeito, vereadores, secretários e servidores participaram da reunião - Ascom/PMVNI
Prefeito, vereadores, secretários e servidores participaram da reunião - Ascom/PMVNI

 

A Prefeitura de Venda Nova do Imigrante realizou nessa segunda-feira (03) reunião com os vereadores para tratar de projetos de lei (PL) da área da saúde que estão em análise na Câmara. Um dos projetos vai permitir atendimento de 7h às 19h em duas unidades de saúde e outro vai garantir a capacitação e fixação de profissionais da saúde em Venda Nova.

O encontro aconteceu na sede da Prefeitura e também contou com a participação de alguns secretários municipais. “Foi um momento de dialogar sobre as necessidades de Venda Nova e buscar soluções conjuntas para nossos desafios”, comentou o prefeito sobre a reunião.

Dois PLs relacionados à saúde receberam destaque especial na conversa. Um deles vai permitir que as unidades de saúde dos bairros Minete e Vila da Mata funcionem em horário estendido por meio do Programa Saúde na Hora. Para isso, o projeto cria o cargo de gerente de atenção primária, um requisito para participação do Município no programa. Parte dos recursos necessários para o custeio do programa virão diretamente do Governo Federal.

 

Projetos têm objetivo de melhorar a qualidade dos atendimentos na área da saúde - Ascom/PMVNI
Projetos têm objetivo de melhorar a qualidade dos atendimentos na área da saúde - Ascom/PMVNI

 

Projeto busca capacitar e fixar médicos no Município

Também esteve na pauta da reunião o projeto que autoriza a Prefeitura a conceder bolsa de capacitação para médicos, dentistas e enfermeiros por meio do Programa Estadual de Qualificação da Atenção Primária à Saúde. O objetivo é capacitar e garantir a continuidade do atendimento.

Enquanto se qualificam, os profissionais terão o compromisso de permanecer no Município por pelo menos dois anos. Isso evita que a Prefeitura enfrente pedidos demissão e precise contratar médicos, enfermeiros e dentistas temporários, o que compromete os serviços prestados aos moradores.

Você pode acompanhar pela internet a tramitação dos dois projetos de lei enviados pela Prefeitura. O PL que trata da ampliação do horário de atendimento de duas unidades de saúde pode ser visualizado aqui. Já a proposta que aborda a capacitação de médicos está disponível neste link.

Nenhum comentário
Escreva um comentário...